Conheça o Blitzscaling: uma estratégia para impulsionar seus resultados

Conheça o Blitzscaling: uma estratégia para impulsionar seus resultados

Alcançar um ritmo acelerado de crescimento é uma das metas mais desafiadoras para as empresas. Por esse motivo, estratégias e tendências de gestão que impulsionam a evolução dos resultados em um curto espaço de tempo são bastante procuradas por diretores e líderes de mercado. Um dos métodos que vem despertando a atenção dos gestores nos últimos anos é o blitzscaling, prática focada no desenvolvimento de ações assertivas que garantem o avanço das atividades com rapidez. 

Proposto por Reid Hoffman, fundador do LinkedIn, o blitzscaling é um conceito que prega a priorização dos objetivos e uma gestão enxuta para atingir as expectativas idealizadas. Prova do sucesso dessa mentalidade é a adesão da metodologia por diversas companhias, como Amazon, Airbnb, Netflix e outras gigantes globais. 

Embora os exemplos citados acima envolvam companhias do ramo da tecnologia, a ideia do blitzscaling pode muito bem ser utilizada por corporações de menor porte, desde que as técnicas e as fases previstas sejam bem estruturadas dentro do planejamento estratégico.

Nesse artigo, explicamos as origens desse termo, seus benefícios e por que a sua empresa precisa implantar essa visão de negócios para conquistar resultados positivos. 

 

O que é blitzscaling? 

O blitzscaling é uma tática de desenvolvimento corporativo que pretende acelerar a expansão de uma organização em períodos curtos de tempo. Aplicável a qualquer modalidade de negócio, o objetivo principal é que a empresa tenha uma cultura de crescimento escalável, ou seja, que ela tenha novos propósitos a cada ciclo definido pelo planejamento estratégico

O diferencial dessa técnica é que para haver sucesso em sua aplicação, os gestores precisam definir suas necessidades prioritárias e construir táticas de ação que visam solucionar os desafios para que os próximos passos possam ser realizados. 

Logo, o ideal é que a empresa tenha uma visão enxuta e até certo ponto pragmática, de saber que nem todas as zonas de interesse terão as dores resolvidas com um projeto, mas que as soluções irão aparecer de forma gradativa, conforme a instituição avançar rumo a outros objetivos. 

>>Leitura recomendada:  Lean startup: Como montar uma empresa com estrutura enxuta

Quem popularizou a expressão blitzscaling como uma estratégia de crescimento foi Reid Hoffman, co-fundador do LinkedIn, baseado em um termo que remete ao início do século XIX. 

Durante a Segunda Guerra Mundial, o exército alemão implementou uma tática ousada para expandir seus territórios, o blitzkrieg, que pode ser traduzido como “ataque relâmpago”.

O plano envolvia a rápida mobilidade e precisão dos movimentos para a dominação dos territórios. Por isso, os pelotões levavam para a missão somente o que era necessário para realizar as investidas aos adversários. 

Hoffman adaptou essa referência para o mercado, unindo o conceito de escalada (scaling) com o ajuste preciso das táticas para o desenvolvimento de soluções e funcionalidades que irão auxiliar na evolução da corporação.

As fases do blitzscaling 

Para que o blitzscaling funcione, é fundamental que a empresa compreenda aonde quer chegar e quais são os passos necessários para alcançar as metas propostas.

Essas formulações são realizadas nas etapas de planejamento e colocadas em prática através do plano de ação. Contudo, não podemos esquecer que a cultura organizacional também é um ingrediente essencial, já que a partir dela é possível estimular o engajamento dos profissionais em função dos objetivos almejados. 

Como já mencionamos, o foco do blitzscaling é atender uma prioridade por vez para que o crescimento seja rápido e efetivo. Assim, é preciso pensar na estratégia de gestão como uma subida gradual, em que a cada estágio é elaborada uma solução e são criadas novas perspectivas para os futuros projetos que serão feitos pela organização. 

Os cinco estágios do blitzscaling são: família, tribo, vila, cidade e nação. As nomenclaturas dos ciclos do blitzscaling possuem semelhanças com a estrutura encontrada em nossa sociedade.

Logo, a ideia da expansão se torna mais tangível a cada degrau que a empresa sobe. A seguir, vamos explicar esses conceitos com mais detalhes. 

Família 

Assim como na vida pessoal o ambiente familiar é o primeiro contato de uma pessoa com o mundo, no blitzscaling a fase da família simboliza uma base para que a instituição estruture seus planos. 

A prioridade que a sua empresa deve ter em vista nesse patamar é o alinhamento do core business, a atividade principal da organização. A partir dessa definição, é possível levantar parâmetros para o desenvolvimento de produtos e serviços, entrega da proposta de valor e principalmente, prover meios de garantir a estabilidade financeira. 

Outro ponto que merece ser salientado nesse primeiro degrau é o reforço da cultura organizacional da sua marca. A partir dela, os propósitos ficam mais transparentes e há um estímulo de os colaboradores adotarem as filosofias e ideais da empresa de maneira mais orgânica, criando a atitude de dono, uma mentalidade que enxerga o sucesso da empresa como interesse de todos. 

>> Leitura recomendada: Descubra como transformar suas estratégias em resultados com o OKR

Tribo 

A próxima fase, chamada de tribo, refere-se à rápida veiculação dos diferenciais do seu produto ou funcionalidade, bem como a procura de investimentos e recursos que vão dar a segurança financeira para a continuidade das ações. Para que a ideia de escalabilidade fundamentada pelo blitzscaling seja alcançada, é preciso combinar agilidade e veiculação da informação. 

Nessa etapa, é essencial que exista uma ligação entre a sua empresa e as personas que serão influenciadas pelas soluções prestadas. Com uma relação estreita e feedbacks de ambas as partes sobre a aceitação da proposta no mercado, é preciso saber utilizar esse público ao seu favor, com estratégias de marketing que impulsionam a sua marca para outros territórios ainda não explorados. 

>> Leitura recomendada: Data-driven marketing: um diferencial competitivo na hora de traçar estratégias

Para aproximar os interessados, vale investir em campanhas pagas em sites de buscas, estratégias em redes sociais, marketing viral e outras possibilidades que forem elaboradas no planejamento tático do departamento de comunicação. 

Vila 

Ao chegar na etapa da vila, as experimentações devem ser interrompidas. Essa fase é destinada a analisar o mercado impactado, perceber os passos da concorrência e principalmente, atuar no aperfeiçoamento do produto ou serviço já conhecido pelo público. 

As práticas de crescimento exponencial levantadas pelo blitzscaling indicam que a atenção do terceiro estágio é voltada para a manutenção dos projetos, aprimorando o que funciona bem e ajustando os problemas que apareceram durante o uso da ferramenta ou solução lançada. 

Ao ter o objetivo de que as mudanças sejam implementadas de maneira eficiente, é ideal que a empresa incorpore os preceitos da gestão ágil, na qual as interações e funcionalidades prevalecem frente aos processos burocráticos. Com frameworks ágeis como o scrum, por exemplo, é possível realizar adaptações sem que o fluxo de trabalho seja interrompido, o que torna os processos mais simples e colaborativos. 

Cidade 

A progressão do sucesso é o que formata o estágio da cidade. Nesse momento, o blitzscaling prega que após um objetivo ser alcançado, a próxima ação deve ser  subir a barra, ou seja, propor uma meta mais ousada e desafiadora, que mantenha os colaboradores motivados a vencer os desafios. 

Aqui, a eficiência nos processos é a liminar que determina o sucesso das operações e a aplicação de indicadores é um método de mensurar o desempenho da empresa. 

Para acompanhar os números e resultados com transparência, você pode adotar um gerenciador de projetos como o Runrun.it, que proporciona uma experiência completa ao gerar relatórios com métricas personalizadas, centralizar as informações em um só lugar e compartilhar dados relevantes por meio de um dashboard acessível e interativo, facilitando a aplicação da gestão à vista

>> Leitura recomendada: Descubra a North Star Metric da sua empresa e cresça de forma sustentável

Nação 

Por fim, chegamos à etapa final do blitzscaling, na qual são previstas as ações de ampliações para a empresa. Esse incremento pode se referenciar ao aumento do quadro de colaboradores, à chegada da marca para um novo segmento ou mesmo à expansão territorial da companhia. 

Se para as empresas globais a nação significa a presença da instituição em outros países, para organizações de menor poder aquisitivo a pretensão é equivalente ao suporte financeiro e estrutural disponibilizado, sendo que essa transição também é válida da mudança do escritório físico para o virtual, com a oferta de produtos e serviços por meio de plataformas digitais. 

Com essa configuração cria-se a autonomia e a confiança no desenvolvimento do trabalho dos colaboradores, o que favorece uma jornada de trabalho mais flexível, como o home office ou o trabalho híbrido. Ao alcançar esse nível de crescimento, a empresa pode manter e melhorar os processos internos, oportunizando uma gestão colaborativa e requalificando seus profissionais conforme as competências demonstradas, abrindo espaço para a proposição de novas estratégias de evolução empresarial. 

>> Leitura recomendada: Competências essenciais para despertar no trabalho remoto 

Quando usar o blitzscaling na sua empresa? 

A técnica do blitzscaling, quando bem aplicada, permite que a empresa se posicione na vanguarda do seu segmento, elaborando estratégias inovadoras focadas na sua atividade principal e que fazem com que a corporação seja lembrada pelos clientes e parceiros e até mesmo pela concorrência. 

No entanto, é uma prática que exige uma maturidade, ou melhor, uma estabilidade da instituição. Logo, não pode ser vista como uma fórmula para um crescimento relâmpago se a sua organização ainda está dando os primeiros passos. 

Como saber se sua empresa está pronta para adotar blitzscaling?

Tendo isso em mente, é preciso avaliar se a sua empresa está preparada para adotar o blitzscaling. A primeira pergunta a ser feita é se os objetivos atuais da companhia são nítidos e se permanecem atuais ou estão defasados. 

Em seguida, considerando as escalas do blitzscaling, analise em qual estágio a instituição se encontra. Aqui, o importante é que haja uma unidade entre os departamentos e profissionais, para que todos se encaixem em um mesmo patamar para prosseguir a escalada. 

Uma boa maneira de garantir essa visão holística e equilibrada de todos os setores é utilizando uma metodologia de gestão mais completa, que abrange diferentes pilares, como a Balanced Scorecard (BSC)

A partir do momento em que esses requisitos são verificados e há o entendimento que existe uma uniformidade, a empresa pode avaliar os recursos materiais e humanos necessários para avançar a um outro estágio, sempre mantendo o bem-estar interno como um ponto de referência para solucionar dores e necessidades externas. 

Em resumo, uma empresa que está em sinergia com as suas atividades está preparada para conquistar novos espaços, e o blitzscaling será uma ferramenta para que isso seja feito com maior precisão em um curto período de tempo. 

Estimule o crescimento com um software de gestão 

Para alçar voos mais altos, sua empresa tem que estar preparada com os melhores recursos e ferramentas. O Runrun.it é um gerenciador de projetos completo e funcional, que permite a automação das tarefas cotidianas e uma tomada de decisão mais assertiva. 

Com gráficos e indicadores de produtividade e capacidade, a plataforma entrega os relatórios que você precisa para acompanhar a sua equipe e os projetos em desenvolvimento. Além disso, com o software é possível realizar a gestão de custos, integrar ferramentas e compartilhar arquivos e informações de maneira fácil e visual. Experimente os benefícios do Runrun.it criando a sua conta grátis: runrun.it

blitzscaling” width=

Conteúdo relacionado

https://www.amazon.com.br/Blitzscaling-Vertiginoso-Construir-Neg%C3%B3cios-Extremamente/dp/8550807583

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>