Como o futebol americano pode dar lições de liderança para o seu negócio

Como o futebol americano pode dar lições de liderança para o seu negócio

Com histórias de sucesso e superação entre técnicos e equipes, não é de hoje que o futebol americano traz lições de liderança para o esporte. Mas esses exemplos não se restringem ao universo de dentro de campo e se estendem para os líderes e gestores de empresas.

Os ensinamentos mostram como um gestor de sucesso pode aliar habilidades para conseguir um bom desempenho no seu negócio. Isso se refere tanto à inteligência emocional, como à gestão de pessoas e ao papel de liderança.

Vamos iniciar uma série sobre liderança no esporte no blog.runrun.it com mensagens para você se inspirar e poder aplicar na sua empresa. O futebol americano foi o primeiro escolhido para fomentar o seu desejo por “vitória” nos negócios.

Outros posts de liderança no esporte:
>> Como o boxe pode ajudar seus negócios em 5 dicas
>> 9 exemplos do tênis para a sua gestão
>> O que os técnicos de futebol podem ensinar para a sua gestão
>> Do basquete para os negócios: 6 lições inspiradoras
>> 7 lições para sua empresa se inspirar na Fórmula 1

Práticas do futebol americano para a gestão

Para traçar paralelos entre a sua empresa e as equipes de futebol americano, elencamos cinco pontos que os líderes e gestores podem se beneficiar.

1. Organização

Para cumprir toda a estratégia definida pelo técnico, um time de futebol americano precisa de organização dentro de campo. Os jogadores têm que desempenhar suas funções de forma colaborativa e alinhada para conseguir realizar o planejamento. Isso para superar a linha de defesa adversária, cruzar a linha de gol, conseguir os touchdowns e vencer o jogo.

Assim como nas lições de liderança no futebol americano, a sua empresa depende de um fluxo de trabalho estruturado. Só com os processos definidos é que você poderá gerenciar os seus projetos e as suas equipes, distribuindo as demandas e fazendo o acompanhamento das tarefas. Com isso, a comunicação será facilitada e as pessoas vão saber o que precisam fazer de maneira priorizada. E se todos não estiverem na mesma página e trabalharem juntos, fica mais simples entregar os resultados desejados pelos gestores.

>> Leitura recomendada: Gestão de equipes: como aumentar a produtividade

2. Estratégia

Nem só de concentração, confiança e motivação vive uma equipe esportiva. O treinador sempre prepara o plano de jogo para mostrar o que espera de cada atleta e o que eles precisam fazer para vencer a partida. Esse tipo de pensamento também se aplica aos negócios, pois, antes de iniciar um projeto, é fundamental elaborar o planejamento de cada etapa e o cronograma de execução. Dividir os projetos em etapas e separar os responsáveis por cada item faz parte da sua estratégia.

Então, os gestores podem monitorar o andamento do projeto e ver se tem algum problema na operação. Como, por exemplo, possíveis atrasos e necessidade de substituir o responsável por alguma demanda. Como consequência, a sua equipe vai conseguir fazer entregas mais efetivas.

>>Leitura recomendada: Dicas do planejamento à entrega de projeto

3. Avaliação de desempenho

Ao final de cada de jogo e também de cada temporada, os jogadores são avaliados pela comissão técnica pela sua performance. Os treinadores examinam as vitórias e as derrotas e analisam a participação de cada atleta. Quantos passes ele acertou, quantas jardas ele correu, quantas interceptações foram feitas com sucesso. Todos os números são importantes para identificar pontos fortes e fracos e trabalhar em cima deles.

Da mesma maneira ocorre no seu negócio. Tais lições de liderança no futebol americano são habilidades obrigatórias para os líderes e gestores. Com as informações coletadas sobre os colaboradores e os indicadores de desempenho, você pode dar feedbacks consistentes para ajudar no desenvolvimento profissional das pessoas.

>> Leituras recomendadas:
O People Analytics está transformando a gestão de pessoas
Como fazer uma avaliação de desempenho com dados

4. Usando a tecnologia

As inovações estão presentes cada vez em mais segmentos, inclusive no esporte. No futebol americano, foi liberado o uso de pontos eletrônicos no capacete do quarterback (o responsável por armar as jogadas e fazer os lançamentos). Além dele, um jogador de defesa também pode ter um ponto eletrônico para comunicação com o treinador. O sinal é aberto ao fim de uma jogada e se encerra 15 segundos antes do início do próximo lance, impedindo a orientação com o jogo em andamento.

Se nos campos, a tecnologia é usada para a comunicação. Na sua gestão, além de facilitar o diálogo da equipe e a troca de informações, os avanços trazem aplicações mais profundas. Como no gerenciamento de projetos, na automação de processos, na mensuração e análise dos dados, e no controle das horas trabalhadas das pessoas. O que gera ganhos reais de produtividade para a sua equipe.

5. Troca de conhecimento

É comum que os técnicos de futebol americano procurem outros treinadores de sucesso, grandes campeões e inclusive mentores para compartilhar informações. Eles buscam conselhos, se beneficiam do conhecimento de seus colegas e líderes inspiradores, e conseguem desenvolver novas táticas para a sua equipe ou implementar novos métodos de trabalho.

Assim como essas lições de liderança no futebol americano, o mesmo vale para os gestores e donos de empresas. Manter o aprendizado constante e reunir informações de diversas fontes servem para aprender novas formas de alavancar o negócio e aumentar os resultados.

Aprendendo com lições de liderança do futebol americano

Os grandes treinadores da liga de futebol americano, a NFL, sabem como suas palavras podem motivar as equipes e os atletas. Por isso, assim como o gestor de empresas, o técnico assume as responsabilidades de desenvolver a estratégia, tomar decisões, promover o trabalho em equipe, a concentração, a disciplina e o comprometimento, conquistar os resultados e valorizar o desempenho.

>> Leitura recomendada: Como o líder transformador inspira sua equipe

1. Vince Lombardi

Comandou o Green Bay Packers entre 1959 e 1968 e conquistou seis títulos da NFL, incluindo as duas primeiras edições do Super Bowl. Um dos personagens mais importantes da história do futebol americano, Vince Lombardi deixou uma série de lições de liderança.

  • Trabalho em equipe: “Compromisso individual com um esforço coletivo – isso é o que faz uma equipe funcionar, um trabalho de empresa, um trabalho de sociedade.”
  • Excelência: “A perfeição não é alcançável. Mas se perseguirmos a perfeição, podemos conquistar a excelência.”
  • Liderança: “Líderes não nascem. Eles são criados com grande esforço, que é o preço que todos nós devemos pagar para alcançar qualquer objetivo que valha a pena.”

 

>> Leitura recomendada: Líder coach despertando o melhor de sua equipe

2. John Madden

Apesar de ter só um troféu do Super Bowl no currículo, com o Oakland Raiders, em 1976, foi apontado como um dos técnicos mais inteligentes da liga. O ex-treinador ainda se tornou um popular comentarista esportivo e divulgou suas mensagens para o futebol americano e a vida.

  • Disciplina: “Disciplina é saber o que você deve fazer e fazer da melhor maneira possível.”
  • Autonomia: “Quanto menos regras um técnico tiver, menos regras existem para os jogadores quebrarem.”

 

3. Bill Belichick

Super vencedor, já acumula sete títulos do Super Bowl, sendo cinco como técnico principal do New England Patriots. Também ganhou duas vezes como coordenador defensivo do New York Giants. Implementou a filosofia do your job (faça seu trabalho), com atenção aos detalhes, foco em primeiro lugar na equipe e estimulando a confiança no seu grupo.

  • Preparação e estratégia: “Toda batalha é conquistada antes que ela seja travada. Você precisa saber o que os oponentes podem fazer, quais são seus pontos fortes e fracos e o que fazer em todas as situações.”
  • Relacionamentos: “No final, o sucesso é mais sobre quem você conhece do que o que você sabe. Porque todo mundo te ensina alguma coisa.”
  • Sucesso: “O sucesso não é tudo sobre talento. É sobre confiabilidade, consistência e entender o que você precisa fazer para melhorar.”

 

>> Leitura recomendada: Entenda os benefícios da liderança compartilhada

Os ensinamentos de dentro do campo

Responsáveis pela execução das estratégias em campo, os atletas também contribuem com a gestão dos negócios e contam suas lições de liderança. Os jogadores mostram sua visão sobre resultados, espírito de equipe e desejo de conquistas.

4. Joe Montana

Considerado o melhor quarterback da história da liga, liderou o San Francisco 49ers em quatro títulos do Super Bowl. Era conhecido pelo seu comportamento tranquilo mesmo nos momentos de adversidade e tensão. As lições de Montana servem para você colocar em prática como profissional e também na sua equipe.

  • Comprometimento: “Quando o jogo acaba, eu só quero me olhar no espelho, ganhando ou perdendo, e saber que dei tudo o que tinha.”
  • Espírito vencedor: “Estou convencido que os vencedores imaginam os sonhos deles em primeiro lugar. Eles querem isso com todo o coração e esperam que isso se realize. Acredito que não existe outra maneira de viver.”

 

5. Troy Aikman

Mais um quarterback de destaque, levou o Dallas Cowboys a seis vitórias no Super Bowl. Aikman destacou características psicológicas importantes para o trabalho em equipe.

  • Superação: “Perder não me devora do jeito que costumava. Eu apenas me preparo para o próximo jogo, a próxima temporada.”
  • Mentalidade forte: “As coisas nunca são tão boas quanto você pensa que são ou tão ruins quanto você pensa que são.”

 

6. Jerry Rice

Considerado o melhor receptor da história e muitas vezes chamado do melhor jogador de todos os tempos, venceu três Super Bowls com o San Antonio 49ers. Obstinado em se desenvolver e a evoluir a cada dia, Jerry Rice é um exemplo para os líderes.

  • Melhorar desempenho: “O inimigo do melhor é o bom. Se você está sempre se ajustando com o que é bom, você nunca será o melhor.”
  • Comprometimento: “Hoje farei o que os outros não farão, para que amanhã eu possa realizar o que os outros não conseguem.”
  • Sucesso: “Eu tinha essa fome, esse desejo, para ter sucesso e não deixaria nada ficar no meu caminho.”

 

>> Leitura recomendada: Teste: Você está preparado para o sucesso?

Confira mais lições de liderança de outros personagens importantes do futebol americano neste artigo do Entrepreneur e nesta lista.

Liderança feminina no futebol americano

7. Anne Doepner

Uma das lideranças na NFL, Anne Doepner chegou ao Minnesota Vikings em 2006 e atualmente é diretora administrativa de futebol da equipe. Ela negocia os contratos e salários dos jogadores e destaca o aumento da presença feminina nos cargos diretivos. “Eles perceberam que precisavam de mais mulheres nesse papel”, comentou.

Segundo a liga de futebol americano, as mulheres respondem por 46% de sua base de fãs. No entanto, representam 36% dos cargos administrativos e só 20% das posições de liderança das equipes.

Filmes com lições de liderança no futebol americano

Além dos técnicos e jogadores vitoriosos, o cinema também explora muito bem o futebol americano e suas lições de liderança. Destacamos seis filmes que valem a pena ser vistos e contam com ensinamentos para o mundo dos negócios.

1. Um Domingo Qualquer (1999)

No filme, Al Pacino, interpretando o técnico Tony d’amato, tem que lidar com problemas dentro e fora de campo, como a inexperiente dona que herdou o time e as disputas entre jogadores. A produção mostra como o treinador fortaleceu o grupo e ensinou o time a caminhar unido em busca do sucesso.

>> Leitura recomendada: Gestão de conflitos: como evitar atitudes prejudiciais

2. Duelo de Titãs (2000)

Baseado em fatos reais, o filme retrata a chegada do treinador negro Herman Boone ao comando do T.C. Williams High School Titans, uma equipe na Virgínia. A história se passa na década de 1970, época de sérios conflitos raciais nos Estados Unidos, e envolve o preconceito com o treinador e entre os próprios jogadores do time. Mas, com espírito de liderança e superação das adversidades, ele promove a integração dos atletas.

>> Leitura recomendada: Diversidade para elevar criatividade da sua empresa 

3. Tudo pela Vitória (2004)

Com lições de superação, motivação, coragem e honra, o filme mostra a saga do Odessa Permian High Panthers, um time amador de futebol americano. O treinador Gary Gaines consegue levar a modesta equipe às finais do campeonato estadual do Texas, mesmo após perder a estrela do time com uma grave lesão.

4. Somos Marshall (2006)

Um trágico acidente de avião, em novembro de 1970, tirou a vida de jogadores, comissão técnica e torcedores do time de futebol americano da Universidade de Marshall, o Thundering Heads. Apesar do luto e de parte da cidade onde fica a universidade ter pedido o fim da equipe, o jovem técnico Jack Lengyel assumiu a missão de comandar a reconstrução do time. Baseado em fatos reais, o filme traz um grande exemplo de líder motivador e inspirador.

5. Um Sonho Possível (2009)

Aqui trata-se de um filme sobre dar oportunidades e aproveitar oportunidades, com o futebol americano como plano de fundo. O jovem sem teto Michael Oher ganha abrigo por uma noite na casa de Leigh Anne Tuohy, mãe de uma colega de turma dele. Após esse gesto, ele passa a fazer parte da família e, aos poucos, é ajudado a desenvolver o seu potencial, tanto no campo de futebol americano quanto fora dele.

6. A Grande Escolha (2014)

O filme caminha para a tensão dos bastidores do esporte. A história retrata como o diretor de futebol Sonny Weaver tenta reerguer o Cleveland Browns e salvar o seu emprego. No dia do recrutamento de jovens talentos, Sonny tem a primeira escolha e deve anunciar a contratação em poucas horas. Em meio às negociações, pressão de agentes, um ultimato do dono dos Browns e conflitos familiares, ele precisa acertar na estratégia para retomar o sucesso do time.

Nesta lista do The Score, você encontra mais filmes sobre o futebol americano. O site especializado em cinema IMDB conta também com uma relação de 50 filmes.

Bônus: Invictus

Abrimos uma exceção nesta lista sobre futebol americano e reservamos este espaço bônus para o rúgbi. Lançado em 2009, Invictus acompanha a trajetória de Nelson Mandela ao se tornar presidente da África do Sul.

Mandela, interpretado por Morgan Freeman, usou o esporte como estratégia para diminuir a segregação racial e unir o país em prol do título da Copa do Mundo de Rúgbi, em 1995. Vale a pena ver as lições de liderança do então presidente.

Liderança e gestão de equipe com automação

Inspire-se nas lições de liderança do futebol americano e conte com uma ferramenta para melhorar a gestão de equipe da sua empresa e ter uma comunicação transparente. Com o Runrun.it, você facilita o gerenciamento de projetos, o fluxo de trabalho e organiza a gestão de tarefas dos seus colaboradores, além de possuir estimativas reais das entregas. Com esses benefícios, você ganha em produtividade e otimiza os seus resultados.

Braço direito dos líderes bem-sucedidos, o Runrun.it conta com time intelligence – a análise dos dados a partir da mensuração do tempo registrado no sistema. O que gera informações que os gestores nunca saberiam de forma simples e descomplicada, e facilita a tomada de decisão. Experimente grátis hoje mesmo: http://runrun.it

 

Gif_Signup-1-1-3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>